Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação decretam Estado de Greve na educação municipal

Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação do Jaboatão dos Guararapes decretaram, durante Assembleia Geral, na manhã desta segunda-feira (23), Estado de Greve na educação municipal. A Assembleia iniciou na Escola Municipal Vereador Antônio Januário, em Prazeres, e concluiu após votação da categoria em frente ao prédio da Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes.

 

O prazo final para que o governo municipal faça o pagamento do reajuste salarial aprovado em mesa de negociação será no dia 10 de agosto. Neste mesmo dia, nova Assembleia com ato público será realizada à tarde em Jaboatão Centro, onde a categoria poderá decretar Greve Geral por tempo indeterminado caso não tenha recebido o pagamento do reajuste salarial.

 

“Estamos na luta, pressionando o governo municipal para que o nosso reajuste, que já tinha sido acordado para o mês de junho, possa sair na folha de pagamento de julho”, pontuou o presidente do SINPROJA, Ronildo Oliveira.

 

 

fotos: Henrique Lima/Tempus Comunicação

Compartilhe