Sindicatos se preparam para o Dia de Luta em Defesa da Previdência – 22 de março

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convoca todos os trabalhadores em educação para integrarem as mobilizações contra a reforma da previdência, marcada para o dia 22 de março, em todo o país. O Dia Nacional de Luta e Mobilização em Defesa da Previdência foi definido em conjunto pela CUT, Força Sindical, CTB, UGT, CSB, intersindical Luta e Organização, CSP-Conlutas, Intersindical-Central da Classe Trabalhadora, CGTB e NCST.

 

Confira a programação em alguns estados:

 

Acre
Rio branco: ato e panfletagem às 8h, em frente à sede do governo do estado (Palácio Rio Branco)

 

Ceará
Fortaleza: de acordo com informações do Sindicato APEOC, a concentração será às 8h, na Praça da Imprensa.

 

Mato Grosso do Sul
Campo Grande: paralisação com ato público às 9h, na Praça do Rádio Clube.

 

Pará
Belém: paralisação às 9h, na Praça da República

 

Pernambuco
Recife: As atividades serão iniciadas com um debate sobre a Reforma da Previdência, às 9h (local a confirmar) e, à tarde, o Sintepe participará do ato nacional, que se concentrará na Praça do Derby, às 15h.

 

Piauí
Teresina: ato e panfletagem, a partir das 8h, em frente ao INSS, na Rua Areolino de Abreu (Próximo as Praça Rio Branco).

 

Rio Grande do Sul
Porto Alegre: a agenda começa às 14h com concentração no CPERS, seguido de caminhada e ato público em frente ao Piratini. Às 18h, os(as) educadores(as) devem participar da atividade organizada pelas centrais sindicais na Esquina Democrática. Os núcleos que não tiverem atividades marcadas para as suas regiões devem providenciar transporte para a capital.

 

Santa Catarina
Florianópolis: ato em defesa da Previdência, às 17h, no Ticen.

 

São Paulo
Capital: ato às 17h, em frente ao MASP, na Avenida Paulista

Compartilhe