Nota de solidariedade à Profa. Raylane Andreza Dias Navarro Barreto

O SINPROJA vem prestar total solidariedade à Profa. Raylane Andreza Dias Navarro Barreto, do Departamento de Fundamentos Sócio-Filosóficos da Educação da UFPE, pelas perseguições que ela vem sofrendo nos meios digitais por ter participado, no dia 4 de abril, de uma reunião com 61 entidades e grupos de pesquisa em todo o Brasil, numa articulação chamada Portal do Bicentenário, para tratar do planejamento de atividades acadêmicas referentes às comemorações do Bicentenário da Independência política do Brasil.

A professora tem um longo histórico acadêmico, e de lutas, contendo inúmeras pesquisas sobre a condição das mulheres presas, torturadas e/ou perseguidas durante o período da ditadura militar no país. O SINPROJA acredita na pluralidade de pensamentos e no livre debate de ideias.

Não aceitamos que a história fique presa a um único grupo. A independência do Brasil pode ser celebrada das mais diversas maneiras, com os mais diversos pontos de vista.

Compartilhe

Deixe um comentário