Aposentadorias devem ser despachadas com maior agilidade

Desde a mudança nas regras da legislação municipal quanto à previdência pública, servidores na eminencia de se aposentar se queixam pela demora no processo de liberação dos benefícios. O que era uma espera de apenas três meses, passou depois da mudança para seis meses. O processo se dá pela realização do cálculo previdenciário, que realiza um levantamento do histórico do tempo de serviço do aposentando.

O Sinproja questionou o atraso nas liberações e a resposta que obteve do JaboatãoPREV foi de que está sendo providenciado o aumento no número de profissionais que executam a realização desse cálculo. Com isso a intenção é a normalização do prazo conforme era.

Compartilhe